Brasília, 24 de abril de 2014.
Home do Portal de Medicamentos Home do Portal de Medicamentos      

FALE CONOSCO

O que é o Portal de Medicamentos?

Informações rápidas e acessíveis por meio de recursos eletrônicos de comunicação, dados precisos, atualizados e estruturados para a consulta de gestores e demais públicos de todo país, economia e racionalização nas compras de medicamentos. Estes são alguns dos benefícios que o Portal de Medicamentos do Ministério da Saúde irá proporcionar ao setor de compras da área da saúde e também aos cidadãos que utilizam os serviços de saúde pública.

O sítio, construído através da parceria entre o Ministério da Saúde, Ministério do Planejamento e SERPRO (Serviço de Processamento de Dados do Governo Federal) é a mais nova ferramenta da gestão pública de saúde que viabilizará a redução de custos das compras governamentais. Munido de um banco de dados confiável e consolidado, o Portal de Medicamentos reunirá todas as informações relativas às aquisições de medicamentos e correlatos, possibilitando uma pesquisa fácil e ágil sobre as compras efetuadas pelo Governo. A página é mais uma iniciativa do Projeto de Ampliação do uso das Compras Eletrônicas Governamentais.

O Portal de Medicamentos, ao agregar as informações relacionadas a preços, trâmites licitatórios e contratos de aquisição, tornará o processo de compra mais racional e resultará no crescimento do volume de medicamentos adquiridos. Órgãos públicos, sejam de esfera Federal, Estadual ou Municipal, poderão recorrer ao banco. Administradores e gestores do setor de compras terão o Portal como fonte segura de consulta, fato esse fundamental para a tomada de decisão administrativa. Estimativas do Governo acreditam que a economia anual gerada pelo uso dos instrumentos e das informações do Portal pode ser de R$ 700 milhões a R$ 1,3 bilhões. Os gastos com compra de medicamentos e materiais hospitalares para o Sistema Único de Saúde alcançaram a marca R$ 6,3 bilhões em 2003.

Com o advento do Portal de Medicamentos do Ministério da Saúde, as licitações, em todo território nacional, estarão dentro de uma realidade homogênea de preços. Assim, o setor de saúde poderá otimizar suas aquisições, atendendo de maneira mais eficiente às políticas de atendimento a sociedade brasileira.

Caso tenha algum questionamento, envie-nos um e-mail (portalmedicamentos@saude.gov.br)